Inovação: entenda tudo sobre o assunto6 min de leitura

Tipos de Inovação
Para ganhar competitividade em meio a concorrência, empresas apostam alguns tipos de inovação e se você também quer inovar no seu negócio, continue com a leitura deste artigo

Compartilhe este artigo

Para ganhar competitividade em meio a concorrência, muitas empresas apostam na inovação. Desse modo, é possível manter um público fiel e conquistar novos clientes. No entanto, para ser uma marca inovadora é preciso bastante estudo, começando pelo tipo de inovação que se quer apostar.

Então, se você também quer inovar no seu negócio, continue com a leitura deste artigo. E confira nos tópicos a seguir as principais informações a respeito do tema.

O que é inovação e suas vantagens

O conceito de inovação é bastante abrangente, uma vez que engloba as mais diversas iniciativas que tem como objetivo inovar de alguma forma dentro da empresa. Basicamente, acontece quando algo é criado para ser uma alternativa ao que já existe.

Assim, a inovação pode ser mais uma maneira de fazer algo ou substituir totalmente o método ou produto tradicional. De qualquer modo, junto com a inovação aparecem diferentes benefícios, que motivam a mudança proposta.

Entre as vantagens de utilizar a inovação está a economia, a praticidade ou mesmo o simples fato de ser mais atrativo e interessante. Já para a empresa que inova, o principal benefício é a maior competitividade no seu mercado de atuação. Claro, desde que seja uma inovação que agrade ao seu público.

Além disso, ao inovar, a marca pode se tornar mais conhecida e ganhar autoridade no seu segmento. E de acordo com a inovação proposta, pode haver outras vantagens. Exemplos são processos mais eficientes, maior produtividade e o crescimento dos lucros.

Quais são os tipos de inovação

Para saber por onde começar, vale a pena conhecer os tipos de inovação. Veja quais são eles a seguir:

  • Inovação incremental

Esse é o tipo de inovação mais comum, já que consiste em fazer uma mudança significativa em algum dos setores da empresa. Como o seu nome diz, ela incrementa algo, melhorando os serviços ou produtos já existentes ou a maneira como eles são comercializados para o público.

Ou seja, trata-se de uma novidade, que serve para fidelizar os clientes ou conquistar novos. Essa inovação também funciona como uma evolução da empresa, assim, é frequente que esteja associada à tecnologia.

Portanto, a inovação incremental acontece ainda quando a empresa começa a usar novas ferramentas tecnológicas para se aproximar do seu público, por exemplo.

  • Inovação radical

Como o nome sugere, esse tipo de inovação exige mais de uma empresa, uma vez que se trata de promover algo realmente diferente e novo. Desse modo, a marca que inova apresenta mudança bruscas, seja na forma como se relaciona com os clientes seja no seu posicionamento de mercado.

Empresas tradicionais em seu ramo de atuação que já estão obsoletas, se sofrerem uma grande adaptação ao novo cenário podem voltar a se destacarem no mercado. E a inovação radical pode ser a aposta certa para atingir o seu objetivo.

  • Inovação disruptiva

Esse tipo de inovação é a mais difícil de atingir, pois exige que a mudança proposta pela empresa cause um grande impacto no seu público consumidor.

Em outras palavras, a inovação disruptiva consegue romper com os padrões vigentes, de modo a criar uma forma de fazer algo, de maneira totalmente diferente.

Por outro lado, por mais inovadora que seja, para ser desse tipo, é preciso que se popularize, fazendo com que uma significativa parcela da população mude o seu comportamento de compra. Assim, consiste em produtos e serviços que não existiam antes e que se tornaram os preferidos em pouco tempo.

Exemplos de como inovar na sua empresa

Como já mencionado, a inovação pode aparecer em diferentes setores da sua empresa. Embora a inovação em produtos e serviços se torne mais visível, uma marca pode inovar de outras maneiras. Veja quais são os principais exemplos:

  • Inovação tecnológica

A tecnologia e inovação se tornaram muito próximas com o surgimento de novas ferramentas de fácil acesso tanto para as empresas quanto para o público. Por isso, as inovações tecnológicas são as que mais ganham evidência.

Isso pode ser visto quando as empresas fazem uso da internet e dos seus canais de comunicação para se aproximarem do seu público. Ou quando a indústria aposta nas inovações que a indústria 4.0 oferece para tornar os processos cada vez mais automatizados.

  • Inovação de produto

Produtos inovadores também surgem com alguma regularidade, sendo que pertencem ao que se chama de inovação de produto.

Nesse sentido, a do tipo incremental é bastante frequente, uma vez que as marcas cada vez mais apostam na evolução dos seus produtos. Afinal, isso faz com que elas se mantenham competitivas no mercado.

  • Inovação nos processos de produção

Embora esse exemplo de inovação seja menos visível, em geral, são mudanças importantes. É o caso das marcas de cosméticos que não fazem mais testes em animais para desenvolverem os seus produtos.

Ou as empresas que implementaram processos para que o seu processo produtivo se tornasse menos poluente para o meio ambiente.

  • Inovação de serviço

Da mesma forma que um produto pode receber mudanças inovadoras, os serviços também podem. Além disso, alguns dos mais notórios exemplos de inovação disruptiva aparecem no setor de serviços, como é o caso da Netflix e da Uber.

Isso porque depois que se tornaram populares, ganharam uma posição de destaque no seu mercado consumidor.

  • Inovação no modelo de negócio

Existem muitos exemplos atualmente dessa forma de inovar. Os marketplaces estão entre eles, sendo que surgiram quando marcas de renome passaram a comercializar produtos de terceiros em seus sites, como a Americanas e a Magazine Luiza.

  • Inovação organizacional

Startups que atuam sem hierarquias são exemplos de inovação organizacional. Por muito tempo, o formato tradicional dominou o mercado, mas hoje em dia, é possível conferir diferentes casos de empresas que mudaram o padrão.

O home office é mais um exemplo, sendo que por causa da pandemia do coronavírus essa inovação se tornou muito mais comum em empresas. Inclusive, do setor de serviços.

Inovar também é buscar soluções para melhorar o fluxo de caixa da sua empresa. Clique aqui e conheça as soluções de antecipação de recebíveis da One7

Deixe um Comentário

Artigos relacionados

Entenda como transformar uma MEI em LTDA
Dicas Executivas

Entenda como transformar uma MEI em LTDA 

Transformar um Microempreendedor Individual (MEI) em uma Sociedade Limitada (LTDA) é um processo que envolve diversos passos e requer atenção a vários requisitos e detalhes.

Receba informações sobre crédito, finanças, e gestão empresarial.
Assine nossa newsletter: