Como resolver problemas de pagamento de fornecedores?

Compartilhar

A não quitação de dívida e o atraso no pagamento de fornecedores são problemas que podem comprometer o negócio em curto, médio e longo prazo. Afinal, vivemos em meio a um mercado cada vez mais disputado, de modo que, ter e manter parceiros de qualidade, pode fazer toda a diferença no sucesso de um empreendimento.

Além disso, uma boa negociação e uma relação saudável com seus fornecedores são essenciais para que sua empresa receba os produtos antes dos seus concorrentes, tornando o seu negócio ainda mais competitivo e ficando à frente no seu mercado de atuação.

Para manter esse bom relacionamento, que traga benefícios para ambas as partes, é importante ser flexível no processo de negociação, e isso envolve a definição das formas de pagamento, o cumprimento de prazos, entre outros aspectos importantes.

Infelizmente, muitas empresas ainda não conseguiram planejar adequadamente essas questões, resultando em dificuldades na hora de pagar seus parceiros comerciais.

Pensando nisso, preparamos este artigo para apresentar as melhores dicas de como você poderá resolver e prevenir problemas relacionados ao pagamento de fornecedores. Mas, antes, que tal ficar por dentro da importância de manter um bom relacionamento com esses parceiros? Siga conosco!

Por que é importante manter uma boa relação com os fornecedores?

Diante de uma grande concorrência, a relação com os fornecedores deve sempre ser pautada pela amizade e também pela confiança. Assim, a sua empresa pode conseguir preços mais competitivos e também ser informada sobre promoções ou novos produtos

A proximidade saudável com os fornecedores contribui ainda para melhorar os procedimentos em seu negócio, pois a comunicação clara e precisa será eficaz na busca por melhorias. 

Dessa forma, seu fornecedor poderá orientá-lo sobre determinada tendência do mercado, dando dicas positivas de mudanças na gestão

Com isso, seus clientes ficarão mais satisfeitos e sempre voltarão a consumir com você. No entanto, a construção de um bom relacionamento depende de alguns fatores, como a eliminação dos maus fornecedores, a existência de uma relação ganha-ganha, além do alinhamento dos processos.

Preparado para mudar a sua relação com os representantes dos produtos ou matérias-primas? Então, veja agora as nossas dicas voltadas ao cumprimento em dia do pagamento de fornecedores! 

Como resolver problemas no pagamento de fornecedores?

Otimize os processos  

A otimização dos processos está nitidamente ligada à redução dos custos operacionais. Por isso, é importante buscar alternativas mercadológicas que tragam economias significativas, como a instalação de um software de gestão integrada. 

Foque na produtividade e invista em ações que combatam os desperdícios, do setor administrativo ao almoxarifado. 

Otimizando os processos, certamente a sua empresa conseguirá ter mais fôlego com as finanças, criando um fundo específico para o pagamento dos fornecedores. 

É importante fazer um mapeamento de todos os segmentos, detectando os gargalos e criando medidas para combatê-los. Com os dados em mãos, as tomadas de decisões ficarão mais certeiras, auxiliando no fluxo do caixa. 

Facilite a negociação de pagamentos  

Sabendo que as empresas têm contas a pagar e também a receber, vale a pena você ir atrás dos inadimplentes e oferecer uma negociação atrativa. 

Da mesma forma, a renegociação deverá entrar na pauta com os seus fornecedores. Crie uma política de recebimentos e não entregue produtos ou serviços sem um adiantamento considerável em relação ao valor total. 

Assim, certamente o problema de dívidas se reduzirá na sua companhia, melhorando o poder de negociação com os fornecedores e credores. 

Consiga preços diferenciados      

A negociação é fundamental no relacionamento com seus fornecedores. Ao conseguir preços diferenciados na compra de um produto, certamente você terá um potencial competitivo diante da concorrência. 

Por isso, analise o mercado e veja o que é tendência no momento em seu ramo de atuação. Afinal, muitas vezes o filão está em uma mercadoria que ainda é pouco explorada.      

Para conseguir preços diferenciados, o ideal é oferecer um leque de formas de pagamento aos consumidores, como em dinheiro ou à vista. Com o respaldo da lei, você poderá injetar mais valores no caixa da empresa.    

Outra dica é fazer uma boa gestão dos seus fornecedores, investindo no poder de barganha e também na escolha de produtos que contenham qualidade com um preço justo. 

Conquiste diferenciais competitivos 

O que a sua empresa faz de melhor? Ao ter essa resposta na ponta da língua, você saberá quais aspectos podem ser priorizados no mercado. 

Preço, qualidade, entregas no prazo estabelecido, comprometimento com os salários em dia dos colaboradores, enfim, são medidas que aumentam a credibilidade e auxiliam no pagamento de fornecedores de maneira eficaz. 

Vale a pena investir em um planejamento interno, de olho na melhoria da gestão. Os diferenciais podem vir ainda no relacionamento com clientes e fornecedores, sempre de olho na excelência nas negociações. 

Além disso, é preciso colocar ordem na casa, com ações que refletirão no seu orçamento, como veremos nas próximas dicas.      

Controle o seu fluxo de caixa

É preciso sempre manter um equilíbrio entre os valores de entrada e saída de caixa para conseguir efetuar o pagamento de fornecedores no prazo exigido e não gerar situações de inadimplência. Caso ocorra um descuido nesse aspecto, a sua empresa pode perder credibilidade aos olhos dos fornecedores, o que comprometerá futuros negócios.

Um bom controle do fluxo de caixa permite que você mantenha a sua empresa preparada financeiramente para lidar com as mais variadas transações. Ao registrar todas as movimentações de entrada e saída do seu orçamento, você evita gastos maiores do que os valores a receber. Isso faz com que o pagamento de fornecedores não seja feito fora do prazo estabelecido.

Controle o seu estoque

Uma boa gestão de estoque também pode evitar situações de inadimplência com seus fornecedores. Possuir uma quantidade excessiva de produtos armazenados pode fazer com que esses itens demorem muito tempo para serem vendidos. Sendo assim, você precisará de um tempo considerável para recuperar todo o capital investido na aquisição deles.

A demora no retorno de capital pode gerar ainda atrasos nos pagamentos de fornecedores. Por isso, é importante que você faça um constante registro das suas vendas, de forma a analisar os produtos que têm uma demanda maior no mercado. Trabalhar com um estoque reduzido aumenta as chances de retorno financeiro em um período de tempo menor. 

Fique de olho também no prazo de validade, principalmente se existem mercadorias perecíveis. Isso porque um pequeno desleixo pode resultar em um enorme prejuízo.    

Planeje as melhores estratégias de pagamento de fornecedores

Antes de iniciar qualquer negociação com seus fornecedores, é preciso fazer um estudo adequado da situação financeira da sua empresa. Assim, você identifica quais são as melhores formas de pagamento de acordo com as suas possibilidades, a fim de não comprometer o seu orçamento futuramente. 

Na hora de definir as melhores estratégias, é preciso ter ciência e convicção de vários fatores que podem influenciar nessa tomada de decisão, como:

  • Quais produtos você deseja adquirir com seus fornecedores?
  • Qual é a quantidade que não vai comprometer o seu orçamento e nem ficar congelada no estoque?
  • Em caso de pagamento a prazo, qual valor é acessível para o pagamento de cada parcela?

Esse estudo da situação financeira interna e do planejamento de compras com os fornecedores é fundamental antes de qualquer negociação. Afinal, os dados são importantíssimos para evitar falhas nos processos, proporcionando mais eficácia às ações administrativas e financeiras.  

Faça um adiantamento de recebíveis

Com a antecipação de recebíveis, você não tem a necessidade de esperar pelo pagamento de seus clientes. Trata-se de uma operação de crédito totalmente facilitada e sem burocracia para as empresas, que poderão, a partir daí, realizar o pagamento antecipado aos seus fornecedores. Isso pode aumentar a credibilidade e estreitar o relacionamento com essas companhias.

A solicitação de adiantamento de recebíveis para as empresas em instituições financeiras é uma ótima alternativa de crédito, na medida em que não apresenta o pagamento de taxas futuras. Além de facilitar a negociação com fornecedores, essa estratégia também ajuda a manter as contas da empresa em dia, sem a necessidade de pagamentos posteriores. 

Com isso em mente, busque uma empresa de confiança para ajudar nos pagamentos antecipados, pois é preciso muita cautela para evitar colapsos administrativos.  

Procure negociar compras a prazo

Realizar o pagamento a prazo de fornecedores proporciona uma segurança maior, pois a sua empresa poderá garantir o valor da dívida nas vendas ao longo do período estabelecido entre a compra e a quitação. 

Mas, na hora de negociar compras a prazo, é importante que você busque ao máximo reduzir a quantidade de juros e taxas oriundas dessa forma de negociação. Afinal, uma atitude precipitada ou alicerçada na impulsividade pode prejudicar as finanças da sua empresa, trazendo sérios problemas ou até mesmo comprometendo a confiança do fornecedor.   

Por isso, a negociação de pagamentos a prazo precisa ser benéfica tanto para o seu negócio quanto para os seus fornecedores. É preciso projetar o fluxo de caixa futuro da sua companhia, negociando os melhores prazos para que haja recursos suficientes para a transação. 

Assim, faça um estudo bem profundo tendo como base as vendas dos últimos meses e trace uma projeção real, inclusive utilizando dados do mercado para saber se haverá crescimento, retração ou estabilidade no seu meio de atuação.  

Nesse aspecto, podemos afirmar que os relatórios sobre o índice de produtividade e que demonstram as porcentagens de vendas são fundamentais para a conquista dos valores necessários não só para o pagamento da compra com o fornecedor, como também para honrar os demais compromissos financeiros.    

Faça um adequado controle de contas a pagar e a receber

Ter um controle organizado de todas as contas a serem pagas e recebidas pela sua empresa é extremamente importante não só para evitar a inadimplência com seus fornecedores, mas também para negociar os melhores prazos de pagamento. Além de reduzir as chances de esquecer as datas de pagamento, o controle permite que seja estabelecida uma projeção futura do seu fluxo de caixa.Isso faz com que você negocie os prazos de pagamento de fornecedores nas datas em que sua empresa terá mais recursos em caixa. Organizar esse gerenciamento em uma planilha de controle financeiro ou em um software de gestão empresarial torna essa visão muito mais clara e simplificada por parte da sua empresa.

Portanto, garantir que o pagamento de fornecedores seja feito em dia é essencial para manter a estabilidade financeira da sua empresa, evitando situações de inadimplência e dívidas diante da grande quantidade de taxas e juros no futuro.

Renegocie as dívidas  

A renegociação das dívidas é um ponto essencial no relacionamento com os fornecedores. Isso porque a atitude fará com que você volte a ter a confiança de quem vende os produtos ou matérias-primas necessários para o seu negócio.  

Além disso, muitos empresários perdem o poder de negociação justamente em razão de falhas na quitação em dia. Para voltar a ter crédito na praça, estabeleça um teto de quanto você pode pagar por mês ou por semana, assumindo um compromisso real de acordo com o orçamento da sua empresa. 

Outra dica é definir as estratégias de negociação, como um possível desconto para pagamento à vista e também a possibilidade de parcelar em X vezes. A renegociação vale tanto para os fornecedores quanto para os clientes. 

Busque colocar o bom senso em prática e valorize as propostas que estejam alinhadas com os objetivos da sua companhia, sempre mantendo a honestidade e o cumprimento do que foi acordado. 

Agende os pagamentos  

Dentro da negociação para pagamento de fornecedores, uma boa dica é agendar os pagamentos, destinando uma garantia de honradez de acordo com as possibilidades do seu caixa. 

Após vários estudos e análises, certamente você saberá informar aos fornecedores quando é a melhor data para a quitação das parcelas. 

Demonstrando interesse em resolver a situação, é bem provável que você reconquiste a confiança, voltando a ter força nas negociações, sempre de olho na busca pelo ganho de competitividade

Assim, seguindo todas as nossas dicas, a sua empresa poderá respirar mais aliviada, mantendo um padrão de qualidade e respeito aos clientes. Portanto, faça o pagamento de fornecedores ser sempre uma das prioridades em seu dia a dia corporativo.    

E aí, gostou do nosso post? Quer ficar sempre bem informado sobre o mundo das finanças? Então, acompanhe a gente também no Linkedin.


Compartilhar

Comente este artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *