Calendário Financeiro: veja como ele pode organizar as contas

Compartilhar

Manter o calendário financeiro de uma empresa em dia é imprescindível não só para garantir a estabilidade dos negócios, mas também para ampliar as chances de sucesso do empreendimento. Muitos não se dão conta de que a bagunça gerada na parte financeira pode afetar diversas áreas.

A organização e o planejamento são os primeiros passos para manter os recursos sob controle. Antever todas as operações financeiras da empresa permite que ela consiga planejar as suas estratégias com mais segurança, auxiliando na expansão e na colheita de bons frutos ao longo do tempo. Para organizar o financeiro, no entanto, é preciso lançar mão de alguns segredos.

Este artigo apresenta formas e ferramentas para montar o calendário financeiro da sua empresa, otimizando o planejamento e tornando o dia a dia muito mais prático e tranquilo. Aprenda como proceder de acordo com as demandas do seu negócio, sabendo utilizar melhor os recursos que ele provém.

O calendário financeiro, além de gerar uma melhora no retorno econômico da empresa, pode ajudar com indicadores e apontar com clareza a situação geral do seu negócio. Veja por que o calendário financeiro se tornou indispensável para os empreendedores modernos.

O calendário financeiro

Parece óbvio quando usamos essa expressão, mas você sabe tudo o que comporta o calendário financeiro de uma empresa? Basicamente, a ferramenta consiste em uma planilha orçamentária em que constam todas as despesas e todas as receitas do seu negócio.

Mas, além de apresentar todas as informações relativas às entradas e às saídas de dinheiro, o calendário serve para organizar os recursos em tópicos e em categorias, melhorando a visualização do capital e o planejamento das operações.

O calendário serve para elaborar estratégias relativas ao fluxo de caixa, adequando melhor as despesas de acordo com as melhores datas. As contas a vencer e a folha de pagamento se tornam mais claras, o que evita atrasos, juros e moras. Ele auxilia também a driblar a inadimplência, uma vez que apresenta todas as entradas programadas.

As vantagens do calendário financeiro

Por meio da organização, a empresa se beneficia em manter a sua saúde financeira. Conseguindo cumprir com os prazos programados, é possível diminuir a taxa de juros e reduzir custos, gerando economia de recursos.

Com o calendário também é possível visualizar a situação geral de uma empresa, dando maior margem de negociação em caso de imprevistos e de acidentes. Outro ponto é o vencimento de contas e de pagamentos, que podem ser programados de acordo com o fluxo de entradas.

Por mensurar o capital de giro é possível identificar com clareza os pontos a melhorar para crescer o seu negócio, permitindo também uma melhor elaboração em termos de prioridade. Fica mais fácil, por exemplo, identificar os melhores pagadores, assim como as parcerias que cumprem com os combinados.

É notável que a organização ajude também na relação com os clientes, mantendo uma conduta cordial em casos de cobrança e fiel em relação aos repasses. Desse modo, a reputação de uma empresa tem muito a se beneficiar com o calendário financeiro. Assim como também identificar os melhores pagadores e fornecedores, a fim de aumentar a parceria e a qualidade e reputação de sua empresa.

Os tópicos do calendário financeiro

Organizado mensalmente, o calendário deve apresentar um plano semanal, contendo campos para todos os dias do ano: úteis, feriados e finais de semana. Claro que os dias úteis devem estar em destaque por comportarem as movimentações bancárias, contratos e tudo o mais.

Os tópicos básicos de um calendário financeiro da empresa devem constar as contas a pagar e a receber, os valores e os impostos, as datas e os campos para confirmar as transações. Seguindo a referência de uma planilha básica, ela deve obedecer ao mesmo modelo para todos os meses, facilitando a gestão econômica.

Para ser fácil de ser contabilizada, devem ser separadas as despesas fixas das variáveis, de modo a identificar melhor a natureza de cada despesa. Escolha ferramentas que proporcionem diferentes separações por cores e tipografias diferentes, para distinguir, por exemplo, folha de pagamento de tributos e de impostos.

A automatização da organização das contas da empresa

Nem toda empresa pode contar com uma pessoa para elaborar e acompanhar, exclusivamente, o calendário financeiro. Felizmente, existem muitas ferramentas que oferecem a automatização do calendário com mecanismos que personalizam todas as funções.

Uma planilha do Excel pode ser eficiente para uma pequena empresa com poucos funcionários. Porém, inevitavelmente, com o crescimento e com o decorrer dos anos, precisará de um calendário que ofereça mais recursos.

Os planos e os recursos para calendário financeiro

Há vários softwares de gestão empresarial que organizam todas as informações de modo automático, ficando a cargo dos administradores o preenchimento dos campos corretamente. Eles apresentam opções para gerenciar prioridades, podendo excluir funções que não fazem parte da rotina da empresa.

Conectados a outros dispositivos, o calendário permite enviar avisos e alarmes relativos a pagamentos, assim como trabalhar em conjunto com a agenda geral da empresa. Há diversas opções online que podem ser, inclusive, compartilhadas por mais de uma pessoa.

Muitas dessas ferramentas são ainda associadas a programas de créditos, assessores financeiros e outras atividades que possa implementar na sua empresa. Procure aquela que se adeque ao perfil do seu negócio.

O calendário financeiro na prática

Mesmo com o processo automatizado, é preciso um bom desempenho de gestão, para um acompanhamento da evolução da saúde financeira de acordo com as expectativas da empresa.

A implementação do calendário financeiro permite o bom cumprimento de todas as funções de uma empresa. E, por mais que pareça complicado à primeira vista, pode ser muito mais simples de mexer do que as soluções tradicionais.

O calendário funciona aliado à disciplina do cotidiano, sendo importante para registrar todas as entradas e as saídas da empresa, das menores até as mais generosas. Muitas vezes, ele pode auxiliar os empreendedores que não possuem familiaridade com a contabilidade e que preferem manter uma solução caseira, o que acaba por prejudicar o seu negócio.

O calendário financeiro é muito mais do que organizar a vida econômica do seu negócio. Ele ajuda a transformar seus sonhos em realidade.

Este artigo foi relevante para a sua empresa? Então, não deixe de compartilhar com seus colegas no LinkedIn!


Compartilhar

Comente este artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *