Afinal, por que devo profissionalizar as finanças da empresa?

Compartilhar

Sempre que uma gestão tem a necessidade de melhorar os resultados da companhia, as ações costumam ser conhecidas: corte de gastos, revisão da política de preços, entre outras. A questão é que nem sempre esse é o caminho ideal, uma vez que o mais inteligente é investir na profissionalização do máximo possível de setores dentro da empresa, em especial, o que diz respeito à parte financeira.

Esse tipo de transformação costuma gerar resultados em curto, médio e longo prazos, além de facilitar consideravelmente a vida dos gestores no dia a dia.

Quer entender como isso pode ser feito? Então, saiba mais sobre o assunto e aprenda a profissionalizar as finanças.

As finanças empresariais

O primeiro ponto é compreender o que são finanças empresariais. Na prática, esse conceito se refere ao estudo de todo um conjunto de decisões que envolvem o dinheiro de uma empresa. Seu objetivo é encontrar meios para maximizar o valor da companhia. As finanças empresariais são fundamentais para o processo de tomada de decisão a respeito de investimentos, financiamentos e dividendos.

Para tanto, estuda-se desde a maneira como as empresas alocam seus recursos até as alternativas para fazer uso dos lucros obtidos. A ideia é ter como minimizar despesas, maximizar receitas, entender as possibilidades em relação à obtenção de recursos (tais como compra de ações ou títulos, empréstimos bancários, entre outros) e saber qual é a hora certa de reinvestir na companhia.

De fato, o estudo das finanças empresariais é o que pode dar à gestão o profissionalismo necessário para agir com critérios em todo o processo de tomada de decisão.

A importância de profissionalizar as finanças de uma empresa

Seja qual for o objetivo da sua gestão, independentemente de porte e faturamento da empresa, é preciso profissionalizar os processos realizados. Esse é um ponto fundamental para o sucesso de qualquer projeto.

Questões como a necessidade de captar maior quantidade de clientes, de expandir a atuação da empresa ou de contratar de novos colaboradores, por exemplo, precisam ser tratadas com base em ferramentas adequadas para que os responsáveis tenham como se concentrar mais na parte estratégica do empreendimento do que na operacional.

Consequentemente, as ações serão realizadas em menos tempo, e os resultados tendem a ser melhores.

A geração de aumento de produtividade

O caminho adequado para toda e qualquer operação realizada dentro da empresa parte do planejamento estratégico. Quando não existe esse alinhamento entre o que a empresa quer e o que é possível ser feito, muito dificilmente haverá produtividade, algo fundamental para se chegar a melhores resultados.

A busca pela produtividade depende da melhoria nos processos gerenciais e administrativos, de maneira que os interesses da companhia se sobressaiam em relação aos pessoais e de departamentos.

É preciso, então, que os processos estejam bem definidos. Para tanto, existem ferramentas úteis para que o gerenciamento de metas faça parte da rotina da equipe, assim como o diálogo entre diferentes níveis hierárquicos.

Dessa forma, sempre que for necessário um novo direcionamento em relação a qualquer atividade, isso será feito de maneira planejada e com cuidado, pois o sucesso das mudanças depende do devido respeito ao tempo de cada etapa, para não haver problemas com relação ao funcionamento da empresa como um todo.

Nesse sentido, é útil contar com o auxílio de especialistas, como uma consultoria especializada, capaz de dar à gestão condições para identificar falhas nos processos e encontrar soluções para resolver problemas.

Os benefícios em relação à competitividade no mercado

Uma gestão financeira profissional é bem planejada. Consequentemente, ela permite ao gestor contar com recursos automatizados capazes de oferecer informações precisas a respeito do andamento das diferentes atividades da empresa — algo que será fundamental no processo de tomada de decisão.

Assim, ela ajuda a identificar os chamados “furos financeiros” antes que eles comecem a travar o crescimento da companhia.

O resultado é uma presença mais qualificada no mercado. Tendo como trabalhar com dados de maneira sofisticada, você tem maior facilidade para identificar oportunidades e simplificar seu relacionamento com o público.

Esse pode ser o segredo para o empreendimento manter-se sempre altamente competitivo no ambiente em que atua.

As diferenças entre práticas formais e informais de gestão

Uma gestão financeira feita sem critérios pode comprometer significativamente o desempenho de uma empresa.

Pense da seguinte forma: sua gestão pode ser profissional ou amadora. No primeiro caso, os processos são baseados em critérios previamente desenvolvidos por quem já alcançou o sucesso que sua empresa procura e foram sistematizados, para facilitar a ação de novos empreendimentos.

Assim, eles permitem que os investimentos sejam mais precisos e atinjam exatamente seus objetivos. Já no segundo, tudo funciona na base do instinto, o que tende a travar o desenvolvimento do negócio.

Para fins comparativos, é como ter que escolher entre curar uma doença usando métodos cientificamente comprovados, adotados por especialistas, ou apostar em soluções mágicas.

Quando a gestão recorre à segunda opção, a tendência é que coloque o empreendimento em risco constante e acabe sofrendo as consequências mais cedo ou mais tarde.

A saída da informalidade e o crescimento com segurança

Seguindo o raciocínio do tópico anterior, a solução que uma empresa pode adotar para tornar sua gestão financeira profissional divide-se em dois elementos: o auxílio profissional e o uso da tecnologia.

Com uma ferramenta de gestão financeira, os processos se tornam mais racionais, e as ações são simplificadas em função disso. Esse é o caminho para integrar diferentes setores e fazer com que cada um deles produza de maneira otimizada, aperfeiçoando o controle das operações e melhorando a produção.

Ter profissionais qualificados ao seu lado e que tenham como dar a devida orientação ao processo é algo fundamental para que sua gestão atinja os resultados desejados em menos tempo e com segurança.

A ideia por trás da profissionalização empresarial via tecnologia faz com que a gestão financeira deixe de ser um problema entre tantos que fazem parte da rotina do negócio.

Em resumo, esse é o caminho mais seguro para gerar competitividade empresarial e, ao mesmo tempo, simplificar o seu trabalho no dia a dia. Considerando dar um maior grau de sofisticação ao empreendimento, é possível deixar o amadorismo para trás e progredir já nos primeiros meses.

Quer mais dicas sobre como profissionalizar as finanças no seu negócio? Então, confira também o nosso artigo sobre as 7 etapas de um planejamento estratégico financeiro.


Compartilhar

Comente este artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *