A importância da educação financeira para a sua vida: como começar a se educar financeiramente?6 min de leitura

A importância da educação financeira para a sua vida
Todas as pessoas devem saber o que fazer com o seu dinheiro e com este artigo você pode descobrir a importância da educação financeira para a sua vida.

Compartilhe este artigo

Evitar gastos desnecessários, pagar as contas em dia e realizar sonhos são alguns motivos para investir na educação financeira. Afinal, aprender a lidar com as finanças é o jeito certo de ter uma vida próspera, de acordo com as suas condições financeiras. E mesmo de gerenciar um negócio com sucesso.

Além disso, todas as pessoas devem saber o que fazer com o seu dinheiro, mesmo que possuam rendimentos baixos ou que a empresa fature pouco. E diferente do que se pode imaginar, a educação financeira não consiste em se tornar um expert em economia. Mas sim, em conhecer a importância do dinheiro e gastá-lo de modo apropriado.

Então, se você tem interesse no assunto e quer saber mais continue com a leitura deste artigo. E, nos tópicos a seguir, descubra a importância da educação financeira para a sua vida e aprenda a se educar financeiramente.

O que é educação financeira e qual sua importância

A educação financeira é importante porque ensina a como se relacionar com o dinheiro. Afinal, para muitas pessoas, ter dinheiro em mãos acaba sendo um problema, já que não consegue ficar sem gastá-lo, mesmo que não haja necessidade.

Porém, quando se aprende a importância do dinheiro para a vida das pessoas, como ele deve ser gasto com inteligência e como pode render mais com as atitudes certas, tudo se torna mais fácil. E é isso o que consiste a educação financeira.

Com esse conhecimento, é possível gastá-lo apenas quando for preciso, para pagar as contas e nunca ficar zerado ou com dívidas. E mais, as chances de tomar decisões por impulso que levam a despesas desnecessárias são menores, uma vez que se tem a consciência de como é fundamental poupar.

Além disso, saber como gerenciar as próprias finanças pode parecer algo simples, mas nem sempre é para todas as pessoas. Inclusive, para quem não realiza o adequado controle do seu dinheiro e para quem tem o costume de fazer compras por impulso.

Portanto, a importância da educação financeira se apresenta de diferentes maneiras, não só no que diz respeito a poupar dinheiro, mas também a usá-lo com inteligência. Em outras palavras, a educação financeira consiste em compreender a melhor forma de gerir o dinheiro, de modo que se adéque as necessidades e possibilidades de cada um.

Nesse sentido, é preciso descobrir como se relacionar com as próprias finanças, além de se manter informado para entender quando um comportamento deve mudar. Já para obter esse conhecimento, deve-se ter a apropriada orientação, bem como utilizar as ferramentas corretas. Hoje, existem inúmeros aplicativos, muitos deles gratuitos, que ajudam a fazer o controle financeiro.

Quem deve fazer o gerenciamento financeiro

Todas as pessoas devem fazer uma gestão financeira pessoal. Como já dito, estar atento às finanças pessoais e ao orçamento familiar é o jeito mais eficiente de evitar o endividamento, bem como o pagamento de juros e taxas desnecessários.

Já quem está no vermelho, ao se educar financeiramente, aprende a colocar em prática as ações de redução de dívidas. Quem realiza investimentos financeiros também deve investir na educação financeira. Desse modo, consegue não só cuidar das suas finanças pessoais como também escolher as melhores estratégias de investimento

Esse conhecimento é fundamental ainda para quem possui o próprio negócio. Ainda mais se for uma empresa de pequeno porte, uma vez que é preciso separar as finanças pessoais do dinheiro da empresa. Caso contrário, pode ser impossível gerenciar corretamente ambos.

Dicas de educação financeira e planejamento financeiro

Ao colocar em prática o conhecimento que se obtém com a educação financeira, é possível fazer escolhas assertivas, em especial, sobre no que o dinheiro deve ser gasto, quais são as prioridades, como evitar gastos desnecessários, assim como dívidas e a melhor forma de economizar dinheiro.

Já com o dinheiro poupado, a educação financeira ajuda a identificar os investimentos que mais combinam com o seu perfil, de modo que se torne mais rentável. Aliás, ao usar o dinheiro com consciência e inteligência, consegue-se aumentar o patrimônio e ter a garantia de um futuro seguro para si e sua família.

Então, o primeiro passo é identificar a renda familiar, ou seja, quais são os rendimentos dos membros da família. Depois, deve-se anotar todas as despesas existentes. Eles podem ser divididos em gastos fixos e variáveis.

Os primeiros referem-se às contas que são pagas todos os meses, com valores fixos e que costumam ser prioridade, como conta de luz, telefone, aluguel. Enquanto isso, os gastos variáveis são aqueles que mudam todos os meses, como as compras de mercado, vestuário, combustível, etc. Aqui, também existem despesas com prioridade, mas é possível reduzi-las em alguns casos.

Quando o dinheiro que entra no mês não é suficiente para pagar todas as contas, é preciso reduzir as despesas. Caso contrário, o mês já começa no vermelho. Isso exige eliminar o que não é essencial ou fazer mudanças, como optar por um plano de telefonia mais barato.

Mas se sobrar dinheiro, após pagar todas as contas, vale a pena economizá-lo em uma conta poupança financeira por exemplo. O dinheiro também pode ser investido, para que ele renda mais, assim, no médio prazo haverá uma reserva suficiente para viver com segurança e conforto.

Para os empresários, as dicas de educação financeira e planejamento financeiro são bastante semelhantes. Desse modo, nelas também deve haver o controle das despesas e a economia de dinheiro para que se possa investir no negócio e promover seu crescimento.

Além disso, cada indivíduo precisa ter um padrão de vida condizente com sua renda para não viver em dívidas. Isso pode exigir que hábitos sejam mudados, como comprar somente o necessário, evitando compras por impulso.

Portanto, a educação financeira é importante de diversas formas, já que contribui com a formação de uma consciência mais apurada do papel do dinheiro na vida das pessoas. E claro, também ajuda a controlar e gerenciar com assertividade as despesas pessoais e familiares e até mesmo as empresariais.

One7 além de possuir produtos que podem auxiliar na gestão financeira da sua empresa, também tem produtos que podem te ajudar na educação financeira da sua vida pessoal. Quer saber como? Nos siga no LinkedIn, ou acesse o site da toazul, ou faça seu cadastro que entraremos em contato!

Deixe um Comentário

Artigos relacionados

Entenda como transformar uma MEI em LTDA
Dicas Executivas

Entenda como transformar uma MEI em LTDA 

Transformar um Microempreendedor Individual (MEI) em uma Sociedade Limitada (LTDA) é um processo que envolve diversos passos e requer atenção a vários requisitos e detalhes.

Receba informações sobre crédito, finanças, e gestão empresarial.
Assine nossa newsletter: